quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Poesia em família

"Uma vida não basta apenas ser vivida: 
também precisa ser sonhada." 
Mario Quintana

A Biblioteca Pública Municipal Euclides da Cunha, de Sapucaia do Sul, entrelaça poeticamente duas gerações. Apaixonadas por poesia, mãe e filha fazem parte da história deste espaço cultural por terem participado de projetos literários entre versos, estrofes e rimas.

Oníria Gouvea, a mãe, foi participante do II Momento Poético da Biblioteca Euclides da Cunha em 1987. No dia 09 de julho, ela recebeu um diploma por sua brilhante participação neste evento poético. 



Em 2012, 25 anos depois, Samantha Gouvea, a filha, inscreveu-se para participar das oficinas de poesia do projeto literário Tempo de Poetar da Biblioteca Euclides da Cunha.   


Viver como quero 

Desejo viver a vida 
Mas não da forma comum 
Tentando ser decidida 
Pensando como nenhum 

Não quero adrenalina 
Não quero muita emoção 
Só quero um amor sincero 
Que me encha o coração 

Ser sincera comigo 
E com os outros também 
Ficar longe do perigo 
Ser feliz como ninguém

Samantha Gouvea

Muito me orgulho de ter conhecido essas duas pessoas tão especiais e de ter feito parte da vida da Samantha durante as oficinas do Tempo de Poetar. Após conhecer a mãe, foi fácil compreender a paixão e a dedicação da filha. Nada melhor do que um bom exemplo a ser seguido em família. E é com muito carinho que parabenizo as duas. Bons ventos poéticos para Nira e Samy! 

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Mais poemas

As Estações

Viver
É como correr
Num tempo que não se sabe
O quanto irá durar.

É um Inverno frio
Que parece congelar o coração
E os olhos viram pedra
Como um cadeado
Que prende a tristeza dentro de mim.

Já no Verão vem a alegria
Que vibra e contagia.

A Primavera é a época das flores
Que me conquistam com seu perfume
E reflorescem o amor em mim.

No outono vem a folha caindo
Que traz aquela necessidade
De refletirmos sobre a vida.

Como o símbolo do infinito
Que parece hoje não ter tanto valor
O amor não é apenas para ser bonito.

Um amor de verdade
Sobrevive no inverno e no verão
Na primavera e no outono
Como se nada o abalasse.

Se estou certa não sei
Mas o tempo dirá.

Jaqueline Lilge Abreu















Um amor

Tarde na escola
em um banco na sombra da árvore
fico abraçado em você
sou apenas um amigo
mas eu quero ser mais que isso

Olho para você
vejo seu cabelo loiro
sinto um frio na barriga
sinto amor
não acho imperfeições
engraçada, sorridente
simpática
não tem como não se apaixonar

Em meus sonhos eu seguro sua mão
eu fecho os olhos e sinto seu abraço
mesmo do outro lado do mundo
manterei acesa a paixão

Guilherme Mello dos Santos


A vida é curta e ensina
que o amor é raro
que a amizade é necessária
que a desilusão acontece
que nada é por acaso
que tudo tem um fim
que quem cai levanta
que a felicidade existe
basta crer

Cláudia Kalidsa Dias

















Paisagem

A paisagem traz muitas mensagens
Alegre, a paisagem vibra ao por do sol
Ao vento, ao calor, ao frio...

Poesia

A poesia a gente sente
A gente imagina
Cria a nossa própria visão
Fazendo sentir-se diferente
Emocionado sozinho
Lendo e sentindo aquilo tudo

A poesia faz a gente sentir
Entender um pouco
O que o outro quer dizer
Sentindo a emoção
Quase todo o sentimento

Bruna Fischborn

















Amor

Amor é olhar um belo por do sol
Se banhando em águas salgadas
Olhando um belo rostinho do meu lado

Amor não e só beijo na boca
E também não é só sexo

Amor é ser levado pela emoção
E sentir no coração

Wesley Agostinho Coelho